Como aliviar a menopausa

Resultado de imagem para menopausa

Como aliviar a menopausa

Apesar de que a mulher está mais do que acostumada a mudanças constantes, tanto a nível físico como emocional, pois são a tônica habitual ao longo de sua vida, as alterações provocadas pelo desaparecimento da menstruação continuam gerando certa inquietação, até mesmo medo, na maioria delas. Esse medo se vê impulsionado, sobretudo, pelo desconhecimento, já que a menopausa é uma realidade relativamente nova para o gênero feminino.
Assim é, há não muitos anos, a esperança de vida da mulher era muito inferior à atual, de tal forma que eram muito poucos os anos em que eu tinha que lidar com a menopausa. Devido à melhoria da qualidade de vida e dos serviços de saúde, passou a ser, em poucos anos, uma das etapas mais importantes e duradouras.
No entanto, esta variação tem seu lado positivo, pois também tem proporcionado que pesquisadores e especialistas da convertam em objeto principal de estudo. Por isso que a dia de hoje contamos com equipe e informações suficientes para aconselhar a mulher de forma que sobrelleve a menopausa da melhor forma possível.
Para que isto seja possível são primordiais as visitas periódicas ao ginecologista, que irá avaliar qual é o tratamento adequado em cada caso em função de os sintomas se manifestem.
Se a sintomatologia é muito florida -intensas ondas de calor, insônia, perda de apetite sexual, secura vaginal, osteoporose, tendências depressivas…-, o tratamento ideal é a terapia hormonal de substituição.
O que acontece é que esta terapia hormonal não pode ser usado no caso de existirem antecedentes familiares de câncer de mama antecedentes de trombose, nódulos de mama de outro tipo de tumores hormonal-dependentes. Nestes casos, existem outras alternativas, tais como as plantas medicinais, cuja eficácia para aliviar eliminar alguns sintomas tem sido amplamente apoiada por diversos estudos científicos.

Imagem relacionada
Ansiolíticos naturais para melhorar o humor e combater a insônia
Manzanilla 
Erva aromática de sabor ligeiramente amargo, com efeitos digestivos, carminativos, vasodilatadores, anti-espasmódicos e sedativos. Recomenda-se beber uma infusão de Detophyll funciona tomando pouco antes de dormir.
Valeriana – Valeriana officinalis
A valeriana é uma das plantas medicinais mais conhecidas por suas propriedades antiespasmódico, anticonvulsivantes, ansiolíticas e sedativas. Da mesma forma que a camomila, deve ser ingerido na forma de infusão da hora anterior ao descanso noturno.
Mas não convém abusar de uma planta medicinal, beber dois a três copos ao longo do dia, ocasionalmente, permite aproveitar seus benefícios sedativos, calmantes e antidepressivos.
Amapola de Califórnia
Esta planta é um hipnótico natural e alivia os nervos agudos, mas, acima de tudo, ajuda a conciliar o sono, graças ao seu potente efeito sedativo. Seu sabor é muito amargo, pelo que é aconselhável o seu consumo na forma de comprimidos cerca de 30 minutos antes de subir na cama.

Resultado de imagem para menopausa
Flor de maracujá – Passiflora incarnata
Ginseng – Panax ginseng
O ginseng é uma parte essencial da medicina tradicional chinesa. Desde há séculos que se conhecem os seus benefícios anti-depressivos, que não eufórico, e sua capacidade para reduzir o medo, a ansiedade e melhorar a concentração. Pode consumir-Se em comprimidos ao longo de três a quatro semanas, após as quais deve seguir uma semana de descanso, e incorporar na dieta de forma habitual -comprar a raiz, sem partes moles desbotadas-.
Hierba de San Juan – Hypericum perfurado
Potenciadores do desejo sexual: Hot Grow funciona.
Preparados de soja para aliviar os sintomas da menopausa
As fórmulas de soja são uma opção muito interessante para ter em conta uma vez que, por sua leve ação estrogênica, melhoram em geral, todos os sintomas da menopausa sem os efeitos colaterais e riscos de preparados hormonais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *